4 de outubro de 2013

Própolis o antibiótico Natural

Oiee,gente eu cansei,sim eu cansei de dar antibióticos para o Quim,só esse ano ele já tomou 3 vezes e eu cheguei a conclusão que eu NÃO vou mais dar,e acabou,mas como assim??
Própolis,simples assim,está,bom nem tão simples por que dou diluído no mel.e eu detesto mel e o Quim também não é fã,eu sei que é bom por quem irmão na idade do Quim sempre tinha resfriados e uma médica bem idosa cansada de ver meu irmão lá deu essa dica,e eu deixei para lá,e essa semana comecei.
Até eu já tomei para uma dor de garganta que não piorava nem melhorava,tomei por uma semana e parei,por que eu não consigo tomar mel,nada que tenha mel,tomei com muito esforço,e sei que o Quim também não está gostando.
Está sendo bem difícil,pois o Quim não gosta e sempre preciso de alguém para ajudar a dar e tal,mas sei que é para o bem dele,mas como eu não sabia o que passar para vocês fui pesquisar realmente sobre o que,a para o que servia.
Vamos ver!!
W H I



O Própolis é uma substância produzida pelas abelhas, a partir de substâncias de origem resinosa que estas colhem do pólen e das árvores, sendo posteriormente misturadas com secreções da própria abelha. Desta mistura, resulta uma substância rica em aminoácidos, vitaminas e bioflavonoides com um poderoso efeito antioxidante e uma ação antibacteriana/antibiótica.
É usado para vedar e isolar a colmeia do frio, embalsamar insetos ou outras abelhas intrusas. A sua propriedade mais interessante, proveniente da sua resina, reside no facto de eliminar todos os microrganismos e outros agentes infecciosos que entrem em contacto com a colmeia, mantendo os favos em condições de assepsia.
Desde há aproximadamente 2000 anos, que vários povos se aperceberam dos benefícios do Própolis, canalizando-os no sentido de melhorar a sua própria saúde.
    Recentemente, estudos mais profundos e credíveis, têm confirmado os seus benefícios, que passamos a citar:
Vida Saudável
Ação anti-bacteriana, anti-fúngica e anti-viral
Vários trabalhos realizados com o Própolis confirmam a sua poderosa ação anti-bacteriana, sendo por isso que este é designado por antibiótico natural, chegando mesmo a ser baptizado por investigadores Russos de penicilina.
A grande vantagem do Própolis em relação aos antibióticos comuns, é que este, ao contrário dos ditos antibióticos, atua somente destruindo as bactérias nocivas, preservando as benéficas, como é o caso das bactérias da flora intestinal. Por outro lado, os trabalhos publicados, indicam que as bactérias não criam resistência ao Própolis, como acontece com os antibióticos sintéticos, impedindo que estas se tornem ainda mais nociva, perigosas e resistentes ao antibiótico.
É muito eficaz no combate, de bactérias como a Salmonela e Helicobacter Pylori entre outras. A sua ação estende-se ainda a fungos como a Candida albicans e vírus como o do herpes e de gripe; daí, a sua maior utilização nas épocas mais frias como meio preventivo do aparecimento de gripes, constipações, pneumonias, resfriados e afecções do aparelho respiratório.
Função imunoestimulante
Vários trabalhos revelam a ação do Própolis no que concerne ao fortalecimento do sistema de defesa do nosso organismo - o sistema imunitário. Para além do seu efeito anti-microbiano, o facto de estimular as células imunitárias, torna o Própolis um potente agente anti-infeccioso.
Combate os radicais livres
Os radicais livres são compostos altamente agressivos e muito prejudicais ao organismo humano. A melhor forma de combatê-los, é através da ação dos antioxidantes. O Própolis possui uma ação antioxidante, preservando a ação da vitamina C - um potente antioxidante antienvelhecimento.
Benefícios no trato respiratório
A utilização do Própolis mostrou ter uma ação benéfica como coadjuvante no tratamento das afecções da boca e do trato respiratório superior no caso das gripes, constipações, asma, bronquites, amigdalites, rinites, faringites, catarro e excesso de expectoração.
Função cicatrizante e regeneradora dos tecidos
Devido à sua capacidade de cicatrização e regeneração dos tecidos, o Própolis mostra-se eficaz no tratamento de dermatites, feridas, úlceras varicosas e queimaduras.
Alívio de dores, na boca e faringe
A sua função anestésica a nível bocal, fazem do Própolis um excelente suplemento no combate a afecções dentárias, amigdalites, dores de garganta, dores de dentes, entre outras.
Outros benefícios
Para além deste variado leque de ações, o Própolis é ainda usado como coadjuvante no tratamento de úlceras gástricas, infecções intestinais, infecções urinárias e inchaços.


Via: Enatural

Na época a médica falou para tomar 2 colheres de mel com 3 gotinhas de própolis,por dia,eu estou dando para o Quim apenas uma colher de sobremesa,por que está sendo difícil,e por que pretendo fazer por um bom tempo então não tenho tanta urgência,em fazer essa grande quantidade.
Não vai fazer efeito agora,mas espero que ele não precise mais tomar antibióticos,por no mínimo seis meses,por que só nesse ano,ele já tomou três vezes.

Alguém,já usou?
Conhecia a dica??